Arrasando com sua fonte

5 Dicas de como se precaver na hora de utilizar sua fonte em seus layouts.

Acertar a tipografia às vezes chega ser cansativo no meio digital, é uma verdadeira selvageria em meio a floresta cheia de opções, além de ser difícil a escolha, é importante conferir se ela é uma fonte apropriada para você e para seus clientes, por isso criamos esse post para esclarecer algumas dúvidas que surgem na internet.

A fonte desempenha um papel fundamental para ter sucesso nos seus produtos, eles precisam se comunicar diretamente com seu propósito. Ele vai ser a ferramenta de comunicação entre você e seu conteúdo, ele é o meio necessário para estabelecer uma real comunicação com seus usuários.

A tipografia é o segredo do sucesso. Ela desempenha um papel significativo, uma boa fonte facilita a comunicação no ato que seu público alvo ler, no entanto uma tipografia ruim acabaria com suas opções, por isso, montamos esse post para você alcançar o seu usuário sem ruídos. Confira nossa lista abaixo: 

 

1. Mantenha um número mínimo de fontes.

A utilização de mais de duas fontes é demais, porém três é um limite que não deve ser ultrapassado caso você queira que seu site ou feed pareça desestruturado.

Considere limitar o número de famílias de fontes usadas, no mínimo duas é suficiente, uma geralmente é suficiente e mantê-las em todo lugar.

2. Comece selecionando um tipo de letra para o seu corpo de texto.

Esta é uma decisão muito importante que afetará as decisões de qualquer outro tipo de letra, como títulos. O corpo do texto é o elemento mais comum em um produto. É o primeiro contato sobre as atribuições do produto e que todos os seus usuários presenciaram ao longo do tempo, diante disso, a aparência do corpo do texto terá o maior impacto na qualidade do design.

3. Fique com apenas uma fonte até dominá-la.

Para os que estão começando é recomendável ficar com uma fonte até que você domine com todo o poder que você possui. Brinque com os estilos. Existem variados estilos atualmente como as vintages, as modernas e que já vêm com muitos estilos diferentes. O que significa que eles compartilham especificidades distintas. Tipos de letra com uma variedade maior de estilos podem ajudá-lo a diferenciar o texto em contextos especiais, como um botão ou um rótulo. Um bom exemplo são os botões de compras chamativos nas páginas de anúncios com suas fontes grossas e cores chamativas.

4. Escolha o tamanho de fonte adequado para VOCÊ.

O tamanho do seu texto tem um enorme impacto na experiência de ler que usuário vai ter sobre a tela. Um texto muito pequeno pode causar tensão no leitor e com isso menos tempo de leitura. Como resultado, os usuários irão ignorar a maioria das informações que você demorou a fazer. Essa é a realidade em celulares que tem letras muito pequenas e não se importam com a dor de cabeça que causam nos usuários. Os textos grandes tendem a causar distração para outros conteúdos e menos para o que mais importa.

E por isso procure o que for mais confortável para leitura, embora pareça impossível medir com precisão, procure saber quem é o seu público alvo para entender o que esse público lê e como, mas caso não consiga, de uma olhada na nossa lista com tamanhos gerais para te ajudar em momentos difíceis:

Para Desktops: 

Use fontes de 16 pixels ou superior para o corpo do texto.

Para dispositivos iOS: 

Use um tamanho de texto de pelo menos 11 px.

Para Android: 

O tamanho mínimo de fonte legível é 12 pixels, mas é recomendável usar pelo menos 14 pixels para o texto principal.

5. Justifique o seu texto.

Ao justificar o seu texto à esquerda, você torna o texto mais fácil de ler. O olho é capaz de encontrar a borda e isso torna a leitura muito mais fácil. Uma borda esquerda (vertical) consistente auxilia os leitores fornecendo um lugar para os olhos retornarem depois de terminar cada linha (horizontal). Também é importante prestar atenção à lacuna e evitar ter uma única palavra na última linha de um parágrafo, também conhecido como viúva. Uma viúva é uma única palavra ou uma linha muito curta de texto no final de um parágrafo. Evite isso ao máximo.

Conclusão

Uma boa tipografia não apenas nos faz ler, mas também nos faz sentir. A tipografia é uma habilidade que todo designer precisa dominar na era digital. Como em qualquer projeto de design as diretrizes e dicas são apenas um ponto de partida e no final o que está escrito é o diferencial para seus usuários continuarem acessando constantemente o seu conteúdo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.