Por que a teoria das cores é essencial?

A teoria da cor é a ciência e a arte de usar cores e explicar como as pessoas percebem as cores e os efeitos visuais, como a fusão, a mistura ou o contraste de cores. A teoria da cor também inclui as mensagens que as cores comunicam e os métodos usados ​​para replicar a cor. Na teoria das cores, as cores são organizadas em uma roda de cores e divididas em 3 categorias: cores primárias, cores secundárias e cores terciárias.

É importante para criação de logomarca, uma propaganda, uma campanha de branding ou apenas um modesto cartão de visita, as paletas que você decide são tão determinantes quanto às informações que você íntegra. Por exemplo, no desenho de produtos, é preciso ter um entendimento sólido sobre como a cor afetará o consumidor central.

As cores podem ser muito fortes. Eles despertam nossas emoções, difundem palavras pessoais e culturais e especificam o clima. Embora as cores individuais digam muito por si mesmas, a maior parte do que entendemos no mundo envolve mais de uma cor. A ideia de como essas cores atuam juntas é chamada de harmonia de cores.

Você já parou para olhar que um amarelo brilhante se destaca contra um musgo verde? Embora certas combinações de cores ocorram naturalmente, às vezes escolher o esquema de cores de um para outras empresas sem um branding bem elaborado pode ser um pouco assustador. Aprender a teoria básica da cor pode ajudar a estruturar o processo de escolha de cores e levar a cores mais harmoniosas para elaboração da sua logomarca.

Fundamentos Básicos

A primeira roda de cores foi projetada por Sir Isaac Newton em 1666, ela ainda é muito utilizada por artistas e designers e o usam para desenvolver harmonias, combinações e paletas de cores.

A roda de cores consiste em três cores primárias (vermelho, amarelo, azul), três cores secundárias (cores que são criadas pela mistura de cores primárias: verde, laranja, roxo) e seis cores terciárias (cores de cores primárias e secundárias, por exemplo, como azul , verde ou vermelho, violeta). e as cores quentes (vermelho, laranja, amarelo) e as cores frias (azul, verde, roxo).

Os fundamentos básicos são o sistema de cores que determina as cores com base em três propriedades de cores: matiz (cor de base), croma (intensidade da cor) e valor (luminosidade).

Matiz

A Matiz é um termo que parece mais complicado do que realmente é. Ela é apenas uma cor. Para ser mais exato, um matiz poderia ser qualquer cor.

Saturação

No sistema de cor HSL, a saturação é a correlação de quantidade de cor em relação à cor cinza média. Então quanto menos cinza que possa vir a ter na imagem da cor, mais saturada ela tende aparecer. No modelo, a luminosidade é um atributo da cor autonomamente do seu grau de pureza.

Luminosidade

Informa se a cor é escura ou clara, alternando entre negro a branco. O que nos dá tantas opções, como por exemplo, um verde opaco profundo ou um laranja pastel.

Proporções de unir as cores

Na hora de formular uma paleta de cores, você pode contratar o serviço da Henderink

ou unir as cores e criar paletas de cores que contém aparência profissional. Experimente brincar com a paleta e crie sua própria interpretação. Esse é o propósito dessas combinações: mostrar um ponto de partida com o qual você pode esclarecer e aspirar.

Uma ferramenta muito poderosa para criação de paletas de cores é o Adobe Color. Ele cria tons e, a partir do seu display participativo, você é capaz de customizar a paleta de cores do modo como sonhar.

Combinações de Cores

Monocromática

Os esquemas de cores monocromáticas são fáceis de criar porque usam apenas uma cor. Os esquemas monocromáticos usam tons diferentes do mesmo ângulo na roda de cores ou seja o mesmo tom e são organizadas com cores neutras, preto e branco, contudo para algumas pessoas pode ser um pouco complexo quando se utiliza esta harmonia, e as vezes acaba desfocando os elementos mais importantes.

Análoga

Com a combinação analógica, as seguintes cores são selecionadas no círculo de cores, por exemplo o amarelo alaranjado ou o azul arroxeado, consiste em uma cor primária combinada com duas cores vizinhas na roda de cores. As harmonias análogas são mais fáceis de criar quanto as monocromáticas, porém elas têm de ser mais ricas em cores.

Complementar

É a combinação que ocorre quando ligamos cores opostas na roda das cores. É crucial quando se utiliza esta conciliação, determinar uma cor principal, e utilizar a complementar para intensidades e toques de destaque.

Triádica

É a combinação onde usamos três cores paralelas no círculo cromático é um triângulo formado no círculo cromático. Este acordo é triádico consistem em tons uniformemente distribuídos ao redor da roda de cores dando um equilíbrio para a paleta.

Complementos Divididos

Os complementos divididos são quase idênticos aos esquemas complementares. Em vez de usar cores opostas, use cores em ambos os lados do matiz oposto. Faz uma paleta bela com contraste menos intenso do que a combinação complementar.

Tetraédrica

Uma harmonia de cores tetraédrica cria um retângulo dentro do círculo, diante disso não usa apenas uma, mas sim dois pares de cores adicionais. Este sistema age superior se você proporcionar uma cor como principal e as outras três como colaboradores.

Conclusão

Você já conhecia alguma dessas combinações de cores das no design? Compartilhe sua opinião com a gente! Se você busca profissionais para desenvolver seus projetos de design com resultados, te convidamos a conhecer a Henderink!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.